Dia dos Pais: Varejo da região deve faturar R$ 214 milhões

Estimativa é da assessoria econômica do Sincomercio; crescimento deve ser de 3% em relação a 2016

Foto: Michele Trevisan

Foto: Michele Trevisan

O comércio varejista dos municípios da base do Sincomercio (Sindicato dos Lojistas e do Comércio Varejista de Americana, Nova Odessa e Santa Bárbara d’Oeste) deve faturar 3% a mais neste mês de agosto em comparação ao ano passado, principalmente função do Dia dos Pais. A previsão é da assessora econômica da entidade, Caroline Miranda Brandão.

De acordo com Caroline, a análise foi feita com base nos ramos de atividade mais relevantes à data (Farmácias e perfumarias; Eletrodomésticos, eletrônicos e lojas de departamento; Lojas de vestuário, tecidos e calçados; Jóias, Livrarias entre outras). “Segundo a metodologia aplicada, a previsão é de que as vendas no mês cresçam cerca de 3%, o que representa um faturamento superior a R$ 213,9 milhões”, explica a economista, que lembra que são considerados somente os três municípios da base região do Sincomercio.

Estado

A FecomercioSP (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo), entidade a qual é filiada o Sincomercio, prevê que, no estado todo as vendas do comércio varejista paulista devam atingir R$ 52,3 bilhões em agosto, mês do Dia dos Pais, crescimento de 7% em termos reais em relação ao mesmo mês de 2016.

A entidade ressalta que as projeções se referem às vendas totais do varejo no mês, não estando, necessariamente, embasadas somente no movimento decorrente da data comemorativa no período.

Você pode gostar...